Brechós ganham força e são apostas sustentáveis e econômicas

Atualizado: Mar 1

Custa caro ter em seu guarda roupa, roupas da moda que compõe seu estilo, roupas descoladas e de qualidade? Talvez você não esteja procurando nos lugares corretos!

Com a ideia de economizar e ser cada vez mais sustentável, os jovens optam por comprar em brechós, e se engana quem pensa que em brechós só é possível encontrar roupas velhas e em “mau estado”.

Em um artigo publicado no “New York Times”, a mudança na forma em que os jovens levam a vida e gerenciam seus gastos influenciam diretamente no mercado, principalmente no mercado da moda. Quem ganha com essa mudança são os brechós, que reciclam, renovam e reinventam os looks.

Os empreendedores, donos de brechós já investem com isso há tempos e agora que virou moda comprar em brechós, eles trabalham para que essa “moda fique de vez”. Heloisa Lirola, por exemplo, tem hoje seu próprio brechó, mas conta que desde criança já tem o hábito de usar roupas garimpadas. "Esse segmento de ter um brechó surgiu quando eu tinha 11 anos. Eu já queria ter um brechó por questões financeiras mesmo. Eu vim de uma família bem humilde, e aí as amigas da escola tinham várias peças de roupas e eu vi nos brechós do meu bairro essa saída pra ter sempre coisas diferentes."

Existe uma diferença entre brechó e bazar beneficente. Heloísa conta que bazar beneficente além de ter uma causa por trás, é uma ação em que as roupas custam baixo para que saiam rápido e em grande quantidade. Já no bazar existe o trabalho de garimpo, curadoria, reparos, higienização e diversos outros detalhes que agregam no valor final do produto. "Tem peças que eu garimpo que estão em estado horrível, mas eu vejo um potencial na peça, por ser uma peça vintage, uma peça bacana. Aí tem toda aquela questão de higienização, uma costura aqui, uma costura ali, um botão aqui e um botão ali e acaba ficando uma peça que a pessoa olha e já quer."

Já passou o tempo em brechó era sinônimo de coisa velha e fora de moda. Esses espaços foram transformados em verdadeiras lojas com roupas de qualidade e que resistem ao tempo. A moda é uma constante mudança, mas hoje em dia é cada vez mais tendência que cada pessoa construa seu próprio estilo e não copie mais os looks das passarelas. E isso também contribui para o crescimento desse segmento.

Com a facilidade em criar lojas online, o segmento ganha ainda mais força, principalmente no Instagram que é uma rede social muito “visual”, todas as postagens são de fotos. A importância de se trabalhar na apresentação das roupas é a garantia de convencer quem está do outro lado da tela.

Heloisa deixa o recado para quem ainda não aderiu a essa moda: "Vocês estão perdendo muito tempo e muito dinheiro não usando brechó. É uma coisa sustentável, as peças foram feitas para durar e não é só 'usei hoje e não posso usar mais'. E comece a espalhar essa ideia, porque brechó é muito legal!"



0 visualização
  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • YouTube ícone social

© 2020 Um, Dois... Gravando !

Todos os direitos reservados.